#2 ~ Coisas que acontecem com a Máh ~ :D



Beliscões Pessoas =)


Senta que vem mais uma causo que aconteceu com a Máh.
E o pior que isso é básico, sempre está acontecendo comigo.Será que acontecem com vocês também? -o.o- 


Numa noite retornando da igreja, minha mãe, meu irmão e eu. claro ou não haveria estória alguma, tsc tsc.

Estávamos conversando animados, fazendo o percurso de sempre.
Eis, 
que eu vejo ao longe uma mulher vindo na direção que estávamos, mas, não por ter nos avistado, porém por se tratar da rua, rsr,  contudo estava um pouco escuro e fiquei olhando a tal mulher e vi que tinha a mesma estrutura e característica de uma tia minha.

Já adivinharam o que aconteceu?!

Bem a questão é que a cegueta aqui -o.o-
Vai toda empolgada, grita na rua: Tia, e indo com os braços bem aberto ____õ_____   na direção da mulher para abraçá-la.

Afinal, se trata da minha tia #SóQueNão!

Quando cheguei próximo da mulher, vi que não era minha tia, que mico, e eu ainda estava de  braços abertos, passei por ela dessa forma mesmo e o que me restou fazer foi bater uma mão na outra, para tentar disfarçar um pouco, poxa.


Ainda tive que aguentar o meu irmão me zoando a noite toda¬¬¨¨
Ah,  e todas as vezes que vejo a mulher, lembro-me dessa noite. :|
Mas, agora aprendi a me controlar, gritar e abraçar alguém, só quando
tenho certeza que é a pessoa certa!! hehehe

Já aconteceu algo parecido com vocês?

E caso tenha causo e queira me enviar, irei ficar contente em postar.

Beliscões carinhosos da Máh.

22 comentários:

  1. Oi Máh,
    tudo bem?
    Que eu lembre, nada assim me aconteceu. Mas pagar mico todo mundo paga, pelo menos uma vez na vida. É chato na hora, mas depois até que é engraçado, não é mesmo?
    Beijos.
    Cila- Leitora Voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Máh,
      hsuahsuas eu não queria rir, mas não há como. Algo semelhante já aconteceu comigo, uma vez meu pai foi me buscar de carro no curso e estava chovendo então corri e entrei pra não me molhar e entrei meio braba porque tinha uma caixa no banco....quando sentei e fechei a porta...tu nao vai acreditar....não era o carro do meu pai...kkkk...mil tons de roxo...sai do carro e entrei no de trás que ai sim era o dele....agora sempre olho o motorista antes de entrar...kkkk...adorei sua história amiga...bjus elis - http://amagiareal.blogspot.com.br/

      Excluir
  2. eu ri bastante, imagino a vergonha uma vez uma mulher veio na minha direção com os braços abertos e sorrindo eu nunca tinha visto ela na vida, mas como tava vindo na minha direção abri os braços e fui sorrindo tbm, a querida desviou de mim e abraçou a mulher de trás , quase morri de vergonha kkkkkk mas agr do risada
    bjs
    http://ingridegoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. OMG, quem nunca deu um tchauzinho para alguém que não conhecia, ou então chamou alguém por engano? rs me solidarizo contigo amiga, porque já aconteceu comigo, só que diferente, eu dei um tchau pra pessoa pensando que era meu amigo, e a pessoa ainda deu um tchau, mas perguntou: eu te conheço. Ai eu falei: você não é fulano? e ele: não. Nuss, eu queria sumir, mas acabei dando risada na cara dele, e ele riu também...vergonha define.
    A gente sempre pagando mico. Adoro
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Eu ri contigo.
    Já passei por essa algumas vezes, até no telefone confundindo vozes.
    Eu te entendo.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Já passei por muitos micos, e por isso mesmo me acostumei a esperar para ter certeza quem é, por que acredito que os micos que já passei são o suficiente por muitos e muitos anos! rsrs
    Infelizmente não dá para se esquivar de todos os micos, são coisas da vida, né...
    Beijinhos,
    Scar.
    http://wonderlandmundodoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi,
    Ahh fica tranquila acho que todo mundo pelo menos uma vez na vida pago um mico desse! Rsrs
    Bjs!
    Viciados Pela Leitura

    ResponderExcluir
  7. Morrendo de rir aqui kkkkkkkkkkkkkkkkkkk'
    ta mais quem nunca?
    Beijokas, Brubs
    Livros de Cabeceira
    @IWannaRuffles

    ResponderExcluir
  8. Mah, ri alto aqui!
    Pior que já aconteceu comigo, mas com minha avó que tinha uma irmã muito parecida, confundi as duas! hehehehehehe
    Mico do ano! Adorei! Chorando aqui de tanto rir!

    Beijinhos

    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir
  9. Aii aii Máh! Essas suas histórias são sempre o máximo!
    Só você pra fazer sorrir nesses dias que estou meio pra baixo! ;D
    puts, já fiz isso sim, algumas vezes! Porque afinal sou míope!
    E se não vejo a pessoa, dizem que sou metida.
    E se vejo não é ela, sou louca.
    auhsuahsuahsuahsuahsuashaush amiga, é assim mesmo! de míope e louco todo mundo tem um pouco!

    Beijos ;*
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Mah isso aconteceu umas duas vezes comigo na rua, fique tão sem graça que agora só quando estou perto da pessoa e com o óculos para ter certeza.

    http://loucaescrivaninha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Mah, já passei por situações de confundir mesmo a pessoa, mas quando cheguei perto vi que era uma "miragem", logo retornei... (risos)

    Beijos,
    Nina & Suas Letras

    ResponderExcluir
  12. kkkkkkkkk Morrendo de rir da cena. Já passei por diversos micos, um deles foi ter falado mal da professora sem saber que ela estava atrás de mim. Ouvi sermão a aula toda e a teacher não me deixou em paz até o fim do ano.
    Da próxima vez já sabe... kkk Não grita tia!!!
    KKK
    xoxo

    ResponderExcluir
  13. Meu Deus Máh...Fico aqui imaginando a cena...Deve ter sido hilária...Kkkkkkkkkkkkkk. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  14. Ah, já passei por isso, mas não foi tão "forte" assim, haha. Tb aprendi a lição u.u
    sete-viidas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Já aconteceu isso comigo varias vezes. Que vergonha. Mas uso meu problema na vista como desculpa heheheehe

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  16. kkkkkkkk eu bem sei como é flor... já passei muito por isso e são situações inisitadas que nos fazem passar vergonha, mas que depois rimos tanto que nem bobos... kkkkkkkk Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Ai senhor...Isso já aconteceu comigo uma vez,e assim como você aprendi a primeiro ver se é a pessoa mesmo para depois sair correndo,gritando pela rua ou calçada o nome da fulana,com um sorriso enorme na fusa.Hahahahahahahahahaha
    Amo seu acontecimentos.Dou risadas pacas com eles.

    Beijokas Ana Zuky

    Blog Sangue com Amor

    ResponderExcluir
  18. Oi Máh!!!
    Sua doida, morri de rir aqui imaginando a cena e você abrindo e fechando os braços batendo palmas do nada kkkkk
    Beijos flor, uma linda semana pra você (sem tias falsas!!!)
    Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  19. Oi Máh,

    Ai meu Deus, que mico, hehehe. Mas quem nunca passou por isso? Eu também já tentei abraçar alguém pensando ser um conhecido e até já fui abraçado por uma completa desconhecida que me achou parecido com um amigo dela, em suma acontece, hehehe.

    Abraços,

    http://milvidasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Maaáh, minha flor.. essa história é exatamente o que aconteceu com a minha irmã, sem tirar e nem pôr kkkk' Parecia minha tia, ela gritou chamando, foi até ela e quando viu não era... hahaha'
    E no caso, eu fiz o papel de irmã chata zuando... mas é impossível não rir kkk'
    Até hoje pago dela...

    Adorei seu "causo", bjs!

    Blog Geek & Pop

    ResponderExcluir
  21. kkkkkkkkk
    Já aconteceu sim!
    Estava passando na frente da escola que estuda a filha de uma amiga e como sei que o esposo dela vai buscar a criança de carro, achei que o carro que estava parado, do mesmo modelo por sinal, era o esposo dela.
    Então fui toda feliz falar com ele, aí quando me abaixei e olhei no banco do carona, motorista era um completo desconhecido!!!
    Pedi desculpa e sai correndo, kkkkkkkkkkkkk

    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo.